Operação Vagalume apreende mais de 100 mil produtos em Água Santa

A ação ocorreu após denúncias de armazenamento de mercadorias sem certificação do Inmetro


sexta-feira, 20 de setembro de 2019



O Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (IPEM), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), apreendeu mais de 100 mil produtos em quatro galpões de mercadorias no bairro Água Santa, na Zona Norte do Rio. Os produtos equivalem a um valor aproximado de 100 milhões de reais.

A operação aconteceu após denúncias de que quadrilhas armazenavam produtos sem a certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), responsável por garantir requisitos para a segurança do usuário. A ação foi conjunta e aconteceu em parceria com a Barreira Fiscal, Receita Federal e Receita Estadual. Durante a fiscalização, foram encontrados produtos como cadeirinhas de crianças, luminárias, lixeiras, torneiras, espelhos e lâmpadas sem certificações e sem passarem pelo Fisco, responsável por controlar e fiscalizar o cumprimento da legislação tributária.

Os galpões foram lacrados e os órgãos envolvidos na operação emitiram um comunicado de proibição para mexer no local. Além disso, a Receita Federal fez uma requisição para que nesta sexta-feira (20), quarenta caminhões estejam no local para retirar todo o material apreendido. Alguns produtos foram encontrados com certificação, mas sem nota fiscal. Estes serão doados para instituições do governo.

Para o secretário da pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, o excelente resultado dessa operação só evidencia a importância de ter a população como aliada. "A sociedade teve papel fundamental nessa operação e se portou como agente fiscalizador contra a ilegalidade. Parabenizo todos os envolvidos para o sucesso dessa ação", finalizou Rodrigues.

Texto: Ascom IPEM-RJ
Fotos: Ascom IPEM-RJ

Vídeos relacionados

Não há vídeos relacionados à notícia

Documentos relacionados

Não há documentos relacionados à notícia