IPEM Etilômetro

Instrumento utilizado na fiscalização de trânsito para medir a concentração de bebida alcoólica ou qualquer concentração de álcool etílico (etanol) pela análise do ar pulmonar expirado pela boca, dos condutores. Também é conhecido como bafômetro.

O uso de um instrumento regulamentado, no caso o etilômetro, significa que o instrumento cumpriu as exigências da legislação metrológica, e está apto a ser utilizado na finalidade proposta, assegurando assim medições confiáveis.

Antes de ser exposto à venda, o instrumento é submetido a apreciação técnica de modelo e receba Portaria do Inmetro, que vem declarado de modo visível e posteriormente a marca de verificação inicial do Inmetro, etiqueta numerada adesiva no instrumento que deve ser mantida em perfeitas condições.

Após o uso, anualmente, o instrumento é submetido à verificação subseqüente, identificado com selo numerado adesivo. Todos os etilômetros após a verificação, se aprovados, recebem o certificado de verificação, com os dados de identificação do instrumento, e as marcas legais. Um instrumento é aprovado após ser submetido, dentre outros, aos ensaios de exatidão e repetitividade, que consiste em 30 sopros consecutivos em diferentes concentrações de etanol.

O etilômetro deve ser usado em condições de higiene satisfatório, utilizando bocais descartáveis, embalados individualmente e trocados a cada medição.

O resultado de uma medição é indicado em forma digital mediante algarismos alinhados e precedidos de unidade de medida – MG/L (miligrama de álcool por litro de ar expelido). Cabe ao detentor do instrumento solicitar ao Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (IPEM-RJ) a verificação e encaminhar, depois de acompanhado de quatro bocais e duas baterias novas.

O instrumento reprovado recebe a notificação de reprovação, e deve ser encaminhado ao fabricante/importador para manutenção e depois ao IPEM-RJ para verificação metrológica.

  • Todo bafômetro possui uma numeração e deverá possuir selo do Inmetro;

  • O aparelho emite comprovante logo depois de usado, onde consta dia, horário, percentual alcoólico na corrente sanguínea, entre outros;

  • Anote o número do bafômetro e verifique a presença do selo Inmetro. Essas providências podem ser usadas em seu favor futuramente;

  • Os bicos utilizados pelo usuário são descartáveis;

  • Para receber o selo de aprovação do Inmetro o bafômetro precisa passar por 35 testes diferentes.