IPEM Taxímetros

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (IPEM-RJ) é responsável pelos taxímetros utilizados no Estado do Rio de Janeiro. Mede o valor cobrado ao consumidor, baseado na distância percorrida e no tempo gasto no percurso, caso o táxi fique parado. A cobrança da corrida do táxi começa quando o passageiro entra no carro. Nesse momento, o taxímetro é ligado e exibe, no visor, o valor da tarifa inicial, é a chamada 'bandeirada'.

As tarifas são determinadas pelas prefeituras municipais. Algumas prefeituras autorizam o serviço de táxis especiais, cujas tarifas são maiores que as do táxi comum. Os valores das bandeiradas e dos quilômetros percorridos, bem como a hora parada em cada município são definidos pela prefeitura local, que são determinadas por portarias.

  • O taxímetro deve sempre ser ligado na sua presença;

  • Observe a bandeira que está sendo utilizada;

  • Não embarque em táxi de outro município (observe a placa do carro);

  • Não aceite corridas com valores 'tratados' em municípios onde se utilizam taxímetros. Você poderá pagar mais caro pelo serviço.